JORGE YEREGUI

Série "Sitescape Series", 2008

Fotografia
93 x 74 cm
Edições: 3
1.800 €
4 pessoas estão a assistir a esta peça
Descrição
JORGE YEREGUI

Santander, Espanha, 1975.

Vive e trabalha em Sevilha.

Estudou arquitectura na Universidade de Sevilha, campo ao qual continua ligado como professor na Escola de Arquitectura da Universidade de Málaga. A interpretação da paisagem tem evoluído à medida que os seres humanos têm progredido na sua relação com o seu meio envolvente. Hoje em dia, a transformação mais notável ocorreu na forma de olhar, na transição da descoberta para o reconhecimento, até que um olhar virgem se torna impossível. O observador aproxima-se do novo com uma bagagem crescente de categorias aprendidas e pré-determinadas, e só consegue ver o que já sabe. Nas suas propostas Jorge Yeregui mergulha nesta forma de construir e representar a paisagem e propõe uma reflexão sobre a percepção e a forma como se constrói o conhecimento do nosso meio envolvente. Os seus projectos transcendem a estética da paisagem

para mergulhar na confluência de factores naturais, culturais e sociais condicionantes que a moldam. Jorge Yeregui recebeu a Bolsa de Artes Visuais da Fundação Botín em 2015 e a Bolsa Casa Velázquez em 2013-2014; o Prémio Internacional de Fotografia Contemporânea Pilar Citoler 2011, com uma obra pertencente à série Paisajes Mínimos, porque "forma uma exploração conceptual do valor simbólico adquirido pela natureza na cidade contemporânea", segundo o júri; a bolsa de residência na Academia Espanhola em Roma, Ministério dos Negócios Estrangeiros, e no Colégio de Espanha em Paris, Ministério da Cultura. As suas exposições individuais incluem: Tabacalera Promoción del Arte, Madrid; Centro Andaluz de Arte Contemporáneo, Sevilha; Centro de Fotografia da Universidade de Salamanca; Centro José Guerrero, Granada; Colegio de España en París...

Participou em exposições internacionais em locais como o Centro de la Imagen, México DF; a Bienal de Arquitectura de Medellín, Colômbia; Instituto Cervantes, Chicago; Festival Internazionale di Roma; Instituto Cervantes, Pequim; Festival Internacional de Fotografia de Pingyao; Arts Santa Mònica, Barcelona; Matadero, Madrid; DA2, Salamanca; Centro Atlántico de Arte Moderno (Las Palmas de Gran Canarias); Le Château d'Eau de Toulouse e Winterthur Fotomuseum (Suíça). A sua obra está representada em importantes colecções como as do Ministério da Cultura espanhol, Centro Andaluz de Arte Contemporânea, Fundación Coca Cola, Centro de Fotografía de la Universidad de Salamanca, Fundación Cajasol, Colección DKV e Colegio de España en París, Nueva Colección Pilar Citolery Colección Fundación Botín, entre outras.

Santander, Espanha, 1975.

Jorge Yeregui estudou arquitectura na Universidade de Sevilha, e mais tarde tornou-se professor na Escola de Arquitectura da Universidade de Málaga.

A sua interpretação da paisagem tem evoluído à medida que a relação do homem com o seu meio envolvente progride. No momento actual, a forma de ver está a sofrer uma transformação notável na transição da descoberta para o reconhecimento, ao ponto de se ter tornado quase impossível de ver com um olhar inocente.

Jorge Yeregui explora esta forma de construir e representar a paisagem, propondo uma reflexão sobre a percepção e a forma como construímos o conhecimento do nosso meio envolvente. Os seus projectos transcendem a estética da paisagem e minam a confluência dos factores naturais, culturais e sociais que a condicionam.

Yeregui recebeu prémios na Beca de Artes Plásticas Fundación Botín em 2015, Beca Casa Velázquez em 2013-2014 e no Premio Internacional de Fotografía Contemporánea Pilar Citoler 2011 com uma obra pertencente à série Minimal Landscapes, que os juízes concluíram "conformar uma exploração conceptual sobre o valor simbólico que a natureza adere na cidade contemporânea". Também recebeu várias bolsas de estudo para a Beca de Residencia de la Academia de España, Roma, Ministerio de Asuntos Exteriores e o Colegio de España en París, Ministério da Cultura. As suas exposições individuais incluíram as da Tabacalera Promoción del Arte, Madrid; Centro Andaluz de Arte Contemporáneo, Sevilha; Centro de Fotografia da Universidade de Salamanca, Salamanca; Centro José Guerrero, Granada e Colegio de España en Paris.

Também participou em exposições internacionais em espaços como o Centro de la Imagen, México DF; Bienal de Arquitectura de Medellín, Colômbia; Instituto Cervantes, Chicago; Festival Internazionale di Roma; Instituto Cervantes, Pequim; Festival Internacional de Fotografia de Pingyao; Arts Santa Mònica, Barcelona; Matadero, Madrid; DA2, Salamanca; Centro Atlántico de Arte Moderno, Las Palmas de GC; Le Château d'Eau, Toulouse, França e Winterthur Fotomuseum, Suíça.

A sua obra está representada em importantes colecções tais como Ministerio de Cultura de España, Centro Andaluz de Arte Contemporânea, Fundación Coca Cola, Centro de Fotografía de la Universidad de Salamanca, Fundación Cajasol, Colección Fundación Botín, Nueva Colección Pilar Citoler e Colección DKV.

Certificado

Este trabalho inclui um certificado de autenticidade. Um certificado de autenticidade é um documento de uma fonte autorizada que verifica o valor de autenticação da obra de arte. O certificado pode ser assinado pelo autor da obra, pela galeria representante ou pelo gravador que colaborou com o artista na obra.

A informação normalmente incluída num certificado de autenticidade é: nome do artista, detalhes da obra (título, data, suporte, dimensões) e uma imagem da obra.

Materiais e cuidados
Recomendações para a conservação adequada das obras de arte:
  • Manter as obras de arte afastadas da luz solar directa e de qualquer outra fonte de calor (aquecimento, ar condicionado, etc.). Evitar pendurar obras de arte perto de áreas fumegantes e poluídas (tais como lareiras ou cozinhas). Aconselhamo-lo a proteger os quadros com uma moldura de vidro.
  • Evitar mudanças bruscas de temperatura. Recomenda-se manter as pinturas em áreas com uma temperatura ambiente entre 18-20º e 50% de humidade relativa.
  • Se o trabalho tiver de ser permanentemente iluminado, recomendamos a utilização de lâmpadas de luz fria. Utilizar um espanador de penas macias para a limpeza periódica do trabalho. Nunca utilizar produtos de limpeza domésticos.
Envios e devoluções
O envio demora geralmente cerca de 7 dias. Os custos de envio são baseados na localização da galeria e no tamanho da obra de arte. Os custos de materiais de embalagem estão incluídos. 
Compras efectuadas através do website da RedCollectors (www.redcollectors.com) pode ser cancelado no prazo de 24 horas. Após este período de tempo, a compra é considerada definitiva.

Obras adquiridas por outros meios que não através do website wwww.redcollectors.com não pode ser devolvido através da RedCollectors. Estes retornos têm de ser arranjados directamente com a galeria.
Se tiver alguma dúvida ou precisar de ajuda com o envio e a nossa política de devolução, por favor contacte a nossa equipa: info@redcollectors.com
Serviços pós-venda

Na RedCollectors oferecemos serviços de pós-venda de:

  • Enquadramento
  • Seguros
  • Gestão de transportes nacionais e internacionais para qualquer tipo de compra.

Para mais informações sobre os serviços pós-venda, por favor contacte a nossa equipa: info@redcollectors.com

 

 

O que dizem os nossos clientes

"A melhor compra que já fiz graças à RedCollectors".

Maria Peña

"Graças à RedCollectors aprendi a comprar arte como um profissional e a apreciar grandes obras de arte".

Juan Iglesias

"Excelente negócio e excelente serviço. As peças que comprei chegaram a casa rapidamente e em perfeitas condições - obrigado!"

Rosa Cubillo

Porquê a RedCollectors?

Pagamento seguro

Pagamento seguro

Nas nossas colecções e no catálogo das nossas galerias

Desde a loja até à sua casa

Desde a loja até à sua casa

Fornecemos-lhe um serviço de entrega seguro e ajudamo-lo durante o processo de compra.


Quem somos nós
Consultoria online

Consultoria online

Fale com os nossos consultores ArtAdvisors e deixe-os aconselhá-lo sobre o processo de compra.